TRENDING NOW

Sarah Kohr, uma jovem policial comprometida mata um suposto agressor durante uma operação noturna em um ferro-velho. Sua colega Berger a alivia fazendo com que tudo pareça legítima defesa. Traumatizada e relutante, seus colegas a mandam a tempo para esquecer o incidente. Mas quando Sarah começa uma viagem, ela testemunha o pai de um menino, Lino, sendo baleado no aeroporto. Ela instintivamente salva a criança em choque do assassino e a puxa com ela no próximo trem. Ela esconde Lino com seu avô em uma cabana alpina tirolesa solitária, mas encontra apenas proteção temporária lá. Enquanto o assassino persegue os dois, Sarah percebe que mexeu com uma organização criminosa. A policial Sarah decide esconder o menino das mãos impiedosas do assassino de seu avô Franz.


A série fala sobre uma família suburbana com superpoderes, os Thundermans, que se mudam para Hiddenville em Kansas para viver uma vida normal, mas manter a identidade secreta em segredo não é tão fácil. A série foca nos gêmeos Phoebe, que está treinando para ser uma super-heroína, e Max, que tenta ser um supervilão.




1785. Jean-Baptiste Baratte, um jovem engenheiro iluminista, tido como amante de Voltaire, recebe uma missão desafiadora do rei Luís XVI – livrar-se da igreja e do cemitério de Les Innocents. No início, o protagonista percebe nessa empreitada uma chance de limpar o fardo da história, a tarefa perfeita para um homem moderno, do futuro, da razão. Ele logo sente, porém, que a igreja e o cemitério são apenas prenúncios de uma queda maior que ainda está por vir. Miller utiliza seu herói, Jean-Baptiste, e a destruição da igreja e do cemitério como formas de dramatizar uma das grandes questões do Iluminismo – qual é a situação do passado? É algo a ser valorizado e preservado ou deveria ser simplesmente esquecido? Esse aniquilamento é utilizado pelo autor como uma metáfora do progresso e da disposição de deixar o passado corrupto e tirânico para trás. Um livro sobre a impureza da sociedade da época, o que o protagonista reconhece como a sujeira do mundo. Uma trama que se resume a favor da bagunça, do enfrentamento.


Os gauleses invadiram Roma, mataram e saquearam a cidade. Pra se retirar, exigiram ainda o pagamento de pesado resgate. Quando os romanos reclamaram que a balança estava desregulada, o chefe gaulês atirou sua espada sobre a balança e disse simplesmente: VAE VICTIS! (Ai dos Vencidos!).

Trezentos anos depois, esse ainda é um espinho dolorosamente encravado no orgulho romano. Mas Roma agora é poderosa, e pode lançar suas legiões contra a Gália. São os tempos de Julio César, e, uma vez mais, AI DOS VENCIDOS!

No primeiro volume, uma escrava consegue fugir de Roma após descobrir os planos da invasão, e pretende alertar seus compatriotas. Mas Roma tem muitos aliados, mesmo entre os gauleses, e seus avisos talvez não sejam ouvidos.

Vae Victis tem o roteiro de Simon Rocca e arte de Jean-Yves Mitton, e essa HQ é um dos grandes exemplos que citei em outro post, lá na Europa uma série pode levar várias décadas para ser concluída, alguns títulos levam mais de anos até ganharem uma sequência e o pobre leitor que aguente a curiosidade, é claro que tudo é recompensado por um nível de qualidade superior e incomparável. Vae Victis teve inicio em 1991 e foi concluida em 2006 com 15 volumes.

Essa é uma obra de ficção totalmente baseada em fatos reais. À exceção dos personagens principais, todos os outros de personagens, grupos étnicos, lugares e formas de tratamento pessoal, são historicamente comprovados. E estão disponiveis na Wikipédia.


Ted se apaixonou. Tudo começou quando seu melhor amigo, Marshall, soltou a bomba de que planejava pedir em casamento a namorada de longa data, Lily, uma professora de jardim de infância. Ted percebeu que era melhor se mexer se esperava encontrar o verdadeiro amor. Para ajudá-lo na missão está Barney, um amigo com opiniões sem fim -- e às vezes absurdas --, uma queda por ternos e uma fórmula infalível para conhecer garotas. Quando Ted conhece Robin, tem certeza que é amor à primeira vista, mas o relacionamento esfria e se transforma em uma amizade.


Manuel é um menino português de 12 anos que, após um fracasso escolar, foge de casa para não enfrentar a ira do pai. Logo confrontado com as adversidades de sua nova vida, ele é acolhido pelo sapateiro do bairro, Juan Alvarez, um refugiado da guerra civil espanhola que o ensina a ler e fazer valer seus direitos. De volta à escola, o menino une seus colegas em um protesto contra os uniformes escolares. Segue-se um doloroso confronto entre o diretor, os jovens dissidentes, seu líder Manuel e seu mentor Alvarez. É então que os ideais de Alvarez se chocam com a dura realidade.